Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

The Plague (1947)

de Albert Camus

Outros autores: Veja a seção outros autores.

Séries: Cycle de la révolte

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
15,581199252 (3.95)2 / 526
Chaos prevails when the bubonic plague strikes the Algerian coastal city of Oran. A haunting tale of human resilience in the face of unrelieved horror, Camus' novel about a bubonic plague ravaging the people of a North African coastal town is a classic of twentieth-century literature.
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Inglês (162)  Italiano (9)  Holandês (7)  Espanhol (6)  Francês (3)  Catalão (3)  Português (Portugal) (2)  Alemão (2)  Hebraico (1)  Sueco (1)  Dinamarquês (1)  Português (1)  Todos os idiomas (198)
Mostrando 1-5 de 198 (seguinte | mostrar todas)
Esta obra é um ensaio: feche-se uma cidade do resto do mundo e observe-se o resultado. A peste é então o catalisador necessário às modificações do comportamento humano, tal como é elemento necessário e suficiente ao estado de isolamento exigido por tal estado.
A ideia em si é genial, o seu desenvolvimento é que é um tanto ou quanto monótono e fica aquém das expectativas. Nesta experiência poderiam observar-se as mutações de comportamentos sociais, dos valores morais, a desvalorização da economia, porém há pouco disto! Essas mutações foram apenas condições que o autor colocou ao objecto de estudo que mais lhe interessava: a psicologia. ( )
  CMBras | Apr 1, 2021 |
In the small coastal city of Oran, Algeria, rats begin rising up from the filth, only to die as bloody heaps in the streets. Shortly after, an outbreak of the bubonic plague erupts and envelops the human population.

Albert Camus' The Plague is a brilliant and haunting rendering of human perseverance and futility in the face of a relentless terror born of nature.
  Gmomaj | Feb 28, 2021 |
.. ( )
  alelux | Feb 14, 2021 |
NA
  pszolovits | Feb 3, 2021 |
might seem strange to come out swinging with "the plague is a fairytale" but i'm sticking with it. i wrote down so many quotes while i was reading and i won't replicate them all here but the real thing this book made me feel is that humanity is all we have, and there is so much GOOD in the world, and it is our responsibility to do all that we can for each other's safety and happiness and - life. life itself. that it's harder to be human than to be a saint but that we must try. that there can be happy endings amongst all the hardships, though the hardships will never cease. this book means a lot to me. i finished it in a state of shock, and understanding; like for a moment camus had offered me a window into his complete understanding of absurdism and allowed me to experience that, to feel it.

of course, it barely even needs saying that this book is particular resonant In These Unprecedented Times, but the more i read, the more it became clear that the plague is not only about the plague. this is a book for all seasons. for everything. harrowing and life-affirming all at once. maybe a bit of a heavy read right now - but like, i did this to myself, and i came out the other end feeling stronger. so take that as you will. ( )
  i. | Jan 8, 2021 |
Mostrando 1-5 de 198 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (63 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Camus, AlbertAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Corsari, WillyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dal Fabbro, BeniaminoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gilbert, StuartTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jenner, JamesNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mannerkorpi, JuhaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mannerkorpi, JukkaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em Italiano. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
De merkwaardige gebeurtenissen die in deze kroniek worden beschreven, vonden plaats in 194., in Oran. Over het algemeen vindt men dat ze daar niet hoorden, gezien hun nogal ongewone aard. Op het eerste gezicht is Oran namelijk een gewone stad, een doorsnee Franse prefectuur aan de Algerijnse kust.
De merkwaardige gebeurtenissen, die het onderwerp van deze kroniek vormen, hebben zich afgespreeld in "..." te Oran. Vogens algemene opinie waren zij daar niet op hun plaats, daar ze van tamelijk ongewone aard waren en Oran, oppervlakkig beschouwd, een heel alledaagse stad is, een gewone Franse prefectuur aan de Algierse kust.
[vert.: Willy Corsari, 1948]
Citações
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
De ene soort gevangenisstraf uitbeelden via de andere is even redelijk als iets bestaands uitbeelden door iets dat niet bestaat. (Daniel Defoe)
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Chaos prevails when the bubonic plague strikes the Algerian coastal city of Oran. A haunting tale of human resilience in the face of unrelieved horror, Camus' novel about a bubonic plague ravaging the people of a North African coastal town is a classic of twentieth-century literature.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.95)
0.5 4
1 30
1.5 8
2 131
2.5 39
3 611
3.5 181
4 1181
4.5 127
5 911

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141185139, 0141045515, 0141049235

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,048,894 livros! | Barra superior: Sempre visível